100%

Vereadores pedem melhor cobertura, assistência e qualidade de sinal de telefonia móvel

Vereadores pedem melhor cobertura, assistência e qualidade de sinal de telefonia móvel Vereadores cobraram melhores serviços de telefonia móvel no município
Os vereadores de São Miguel do Oeste aprovaram nesta terça-feira uma moção de apelo às operadoras de telefonia móvel. A moção, de autoria de todos os vereadores, solicita às empresas que deem mais atenção à população de São Miguel do Oeste quanto à cobertura, assistência e qualidade de sinal de seus clientes. O pedido será encaminhado aos gerentes locais das operadoras Claro, Oi, Tim e Vivo.

Conforme os autores da moção, o serviço prestado pelas operadoras é “insatisfatório e defasado no município, causando muitos transtornos e prejuízos aos consumidores”. Eles lembram que as empresas têm obrigação legal de atender os direitos dos usuários, conforme estabelece a Lei Geral de Telecomunicações e o Código de Defesa do Consumidor. “A população de São Miguel do Oeste está cansada de reclamar da má qualidade de serviços prestados pelas empresas de telefonia móvel”, apontam os vereadores, que afirmam ainda que há bairros e comunidades que não possuem acesso aos serviços.

EMENDAS PARA O HOSPITAL

Outra moção aprovada na Câmara é de autoria de Cássio da Silva e Silvia Kuhn (PMDB), e solicita a imediata liberação das emendas parlamentares empenhadas para o Hospital Regional Terezinha Gaio Basso. Conforme os vereadores, a região aguarda há anos pela implantação do Centro de Oncologia na unidade de saúde.

“Para oferecer um serviço de qualidade faz-se necessária a aquisição e substituição de equipamentos por outros novos e mais modernos. Analisando que as emendas parlamentares previstas para o custeio dos procedimentos desenvolvidos no Hospital ainda não foram liberadas, solicitamos especial atenção nesse assunto, pois essa medida poderá salvar muitas vidas, evitando o deslocamento dos doentes para outros municípios mais distantes”, justificam os autores. A moção será encaminhada ao governador Eduardo Pinho Moreira e ao secretário estadual da Saúde, Acélio Casagrande.

Os vereadores também aprovaram moção de apelo de José Giovenardi (PR) solicitando aos órgãos competentes que estudem a possibilidade de cancelarem automaticamente as multas de trânsito de viaturas de serviços de urgência e emergência, para que os condutores não precisem fazer sua defesa no Detran. Conforme o vereador, a intenção é facilitar o dia a dia dos profissionais que trabalham para salvar vidas.

“Cada minuto ou cada segundo perdido podem não parecer muito, mas nesse tempo pode ser salva uma vida. Nestes casos os profissionais ficam sem saber como agir, se param ou seguem adiante sabendo que será gerada uma multa e ao mesmo tempo podendo perder uma vida”, ressalta Giovenardi. O vereador lembra ainda que mesmo tendo seus direitos garantidos pela lei os condutores precisam fazer um requerimento pedindo a exclusão das multas, e se o pedido for negado é o próprio motorista quem arca com o pagamento. A moção será entregue ao presidente do Cotrasmo, à secretária de Urbanismo e ao diretor do Departamento Municipal de Trânsito.

Notícias

Vereador quer que Funai e MPF intercedam por crianças indígenas

Proposições de vereadores pedem calçamento, medição de imóveis, calçada, iluminação pública, praça e melhorias no escoamento da água

Vereadores sugerem que residências com mais de 100 metros quadrados sejam obrigadas a ter sistema de captação da água da chuva

Câmara aprova projeto que torna abril o Mês de Conscientização sobre o Transtorno do Espectro Autista

Câmara aprova projeto que cria Semana de Conscientização e Educação Financeira

Vereadores aprovam isenção de IPTU para imóveis de pessoas com câncer

Câmara apela por recuperação de rua que dá acesso ao Loteamento Balbinot

Vereadores aprovam abertura de crédito de R$ 90 mil para repasse à Apas e à Apae

Projeto que regulamenta organizações sociais é retirado da pauta após pedido de vistas

Vereadores pedem informações sobre obra no Emma Balke e sobre folha de pagamento do Município